top of page

Assassino da Última Rodada é tema de série documental sobre a comunidade LGBTQ+

A Última Rodada: Um Assassino Serial na NY queer” é uma produção da HBOmax e retrata os assassinatos cometidos por Richard Rogers na década de 90 em NY.


Assassino da Última Rodada é tema de série documental sobre a comunidade LGBTQ+
Imagem: De Divulgação

Divididos em quatro episódios, no modelo de série documental, a produção caminha pelos casos hediondos descobertos pela polícia local, os corpos desmembrados de homens de mais de 50 anos, todos gays. Os crimes ficaram por anos sem qualquer solução, até que tecnologias forenses mais avançadas pudessem auxiliar.


Além de contar os casos, entrevistar familiares, e entender a rotina daqueles que perderam as vidas, a série faz questão de pontuar como o sistema de justiça dos EUA ainda é falho, colocando em cheque o recurso “Pânico Gay”, que ainda está em vigor em diversos estados do país, e que consiste em declarar o réu sob insanidade temporária diante de avanços homossexuais indesejados.


Durante a juventude Rogers, o assassino, foi inocentado após matar um colega de faculdade com marteladas no crânio, sob a regência do recurso. Com coprodução de Charlize Theron, a obra se baseia no livro “Last Call: A True Story of Love, Lust, and Murder in Queer New York” de Elon Green, lançado em 2020. Elon é um jornalista que cobre True Crimes e escreve para diversos veículos americanos sobre.


No ar desde 9 de julho, a série faz ainda uma retomada da história da comunidade LGBTQ+ por Manhattan e arredores, mostrando bairros, bares e casas noturnas que costumavam acolher e que foram palco de muitas conquistas. Também é possível acompanhar um panorama sobre preconceito, a chegada da AIDS e de como a sociedade se comportou e ainda se comporta diante de crimes de ódio, como proferidos por Rogers, que apesar de tudo, também era da comunidade.


A obra está disponível na HBOmax para assinantes do streaming.


Assista o trailer aqui:


Comments


bottom of page