top of page

Espetáculo “Ana Lívia” com Bete Coelho e Georgette Fadel é uma celebração ao poder do teatro

Com direção de Daniela ThomasAna Lívia”, primeira peça de Caetano W. Galindo, traz Bete Coelho e Georgette Fadel contracenando na tragicomédia criada especialmente para a Cia.BR116, e que é uma celebração ao poder do teatro.


Espetáculo “Ana Lívia” com Bete Coelho e Georgette Fadel é uma celebração ao poder do teatro
Imagem: Matheus José Maria

A trama conta a história de Ana que precisa contar uma coisa terrível, mas Lívia não quer deixar ela falar. Lívia quer falar de uma nova peça enquanto Ana sente que chegou ao seu terceiro ato. Cada uma delas está sozinha com suas dores, seus desvios e seus medos. Cada uma tem apenas a outra.


A vida passada, o teatro, o papel que tiveram e têm uma na vida da outra, o futuro que não sabem se terão. Tudo isso volta à tona numa conversa em que as duas tentam fugir da verdade, da juventude, da vida, do fato de estarem sozinhas no palco e da dependência de um texto escrito por outra pessoa. Duas atrizes que agora não têm mais um dramaturgo; dois papéis de um personagem só. Ana foi, Lívia é, Ana Lívia… será?


“Ana Lívia é teatro sobre teatro. É sobre atrizes em guerra com seus personagens, ou personagens em embate com suas atrizes (...) uma declaração de amor ao teatro. Aquele, renitente. Aquele que entra crise, sai crise, insiste em sobreviver”, anuncia Daniela Thomas, que também assina a cenografia.


Como uma catarse em looping incessante, a conversa compulsiva e provocadora de Ana e Lívia traz à tona a relevância da escrita contemporânea de Galindo, tradutor de Ulysses, de James Joyce, cujos trechos finais resultaram no espetáculo Molly—Bloom, montagem anterior da Cia.BR116.


As referências agora incluem Emily Dickinson, Dylan Thomas e, claro, James Joyce (os nomes das personagens, por exemplo, remetem a Anna Livia Plurabelle, de Finnegans Wake, obra referência, também, em outros pontos do espetáculo).


“Ana Lívia” fica em cartaz até o dia 17 de dezembro no Sesc Consolação. Sextas e sábados às 20h e domingos às 18h. Em algumas das sessões Georgette Fadel será substituída pela atriz Iara Jamra. Os ingressos estão disponíveis no site do Sesc ou na bilheteria do local.


Commentaires


bottom of page