top of page

Espetáculo com músicas originais de Chico César faz temporada no Teatro Riachuelo

Viva o povo Brasileiro” é derivado de um livro de 700 páginas que percorre 400 anos da história do Brasil. O enredo ambientado em Itaparica, fala de uma alma que quer ser brasileira. Primeiramente, ela encarna em indígenas, até o primeiro personagem, o Caboclo Capiroba, em 1640, que é enforcado pelos portugueses colonizadores, mas tem uma filha que se chama Vu, e dela descendem as mulheres da história.


Espetáculo com músicas originais de Chico César faz temporada no Teatro Riachuelo
Imagem: De divulgação

Daí em diante, em vários anos, a alma volta a reencarnar em diversas figuras, desde um Alferes que morre em batalha, até Dafé, que tem uma ligação com outro corpo pelo qual a alma já passou, e daí começa o gatilho para a alma virar heroína.


A obra é considerada uma das principais do escritor João Ubaldo Ribeiro, autor que recebeu tanto o Prêmio Camões de Literatura como o Prêmio Jabuti quando lançou o livro. Poderosa, a publicação foi ainda enredo da Império da Tijuca em 1987. Agora, o romance ganha uma inédita versão musical para o teatro, produzida pela Sarau Cultura Brasileira.


O espetáculo que conta com a direção de André Paes Leme, trás 30 músicas originais compostas por Chico César, a partir de letras inspiradas ou que utilizam parte textual da obra de Ubaldo. A direção musical e trilha original são de João Milet Meirelles (da banda BaianaSystem).


A pesquisa para a montagem teve início na investigação de doutorado feita na Universidade de Lisboa pelo diretor, que já adaptou com sucesso, da literatura para o teatro, ‘A Hora da Estrela ou O Canto de Macabéa’, ‘A hora e vez de Augusto Matraga’ e ‘Engraçadinha’.


O musical entra em cartaz no Teatro Riachuelo do Rio no dia 25 de agosto e fica até o dia 1º de outubro. Quintas a Sábados às 20h e domingos às 18h. Os ingressos já estão disponíveis pelo Sympla, ou diretamente na bilheteria do teatro.

Comments


bottom of page